O BPe torna o processo de viagem mais prático para o governo, para as empresas e, principalmente, para quem deseja viajar

Quando vamos viajar, alguns itens são indispensáveis, como um travesseiro para descansar o pescoço, as malas com seus pertences e o mais relevante: a passagem. Normalmente, há um grande medo de esquecê-la em casa e, com isso, não conseguir embarcar pela falta do papel que comprova a aquisição.

Em mais um importante passo para a digitalização de processos e registros, o governo brasileiro criou o Bilhete de Passagem Eletrônico (BPe): um novo modelo específico de documento fiscal para as companhias de viagem que oferece diversas vantagens tanto para viajantes quanto para as empresas.

Quer saber o que você ganha com essa mudança? Continue a leitura deste post e descubra tudo o que você precisa saber sobre o BPe. Boa leitura!

O que é o BPe?

O Bilhete de Passagem Eletrônico é o novo modelo de documento fiscal que deve ser emitido por todas as empresas de transportes de passageiros — seja no sistema rodoviário, no aquaviário ou por meio das ferrovias.

O BPe torna-se obrigatório a partir de 1 de outubro de 2019 e substitui os seguintes documentos:

  • o Bilhete de Passagem Rodoviário, modelo 13;

  • o Bilhete de Passagem Aquaviário, modelo 14;

  • o Bilhete de Passagem Ferroviário, modelo 16;

  • o Cupom Fiscal Bilhete de Passagem emitido por equipamento Emissor de Cupom Fiscal (ECF).

A emissão desse novo tipo de bilhete ocorrerá de forma similar ao que aconteceu com as Notas Fiscais eletrônicas (NF-e): por meio de um software e da conexão com a Internet, a empresa envia à Secretaria de Fazenda (SEFAZ) do seu estado todas as informações referentes à compra da passagem.

Caso haja algum problema técnico, não é preciso se preocupar, já que é possível fazer a emissão em contingência, ou seja, no modo offline e transmitir a compra posteriormente. Isso garante que você tenha acesso à sua passagem quando precisar.

Após o preenchimento e envio do BPe por parte da empresa de transportes, o consumidor recebe o Documento Auxiliar ao Bilhete de Passagem Eletrônico (DABPE). Nesse comprovante há um QR Code que facilita a identificação do passageiro e de todos os outros dados da viagem que são necessários para a conferência no momento do embarque ou durante o trajeto até o destino.

Alguns estados brasileiros já fizeram as primeiras emissões do BPe e, aos poucos, estão ajustando a legislação local para atender às novas exigências. Como ela ainda não se tornou obrigatória, é preciso consultar a empresa de transportes com a qual você pretende viajar para saber se já estão realizando esse novo tipo de emissão.

Quais são as vantagens desse tipo de bilhete?

Toda a transformação digital trazida pelo governo brasileiro visa reduzir as burocracias e agilizar a transmissão de dados, o que tem como consequência a maior transparência entre empresas, o Estado e a sociedade civil. A emissão do BPe também traz outras vantagens específicas para quem viaja. Conheça algumas delas!

Redução do uso de papel

A emissão do BPe e do DABPE dispensam o uso do equipamento Emissor de Cupom Fiscal (ECF). As unidades federativas têm a autonomia de decidir se desejam que os documentos sejam impressos em folha de papel comum ou se os documentos podem ser apresentados apenas pelo smartphone, tablet ou computadores, o que traz uma enorme redução de folhas utilizadas. 

Mais facilidade para compras online

Quando você faz a escolha da sua passagem pela Internet e realiza a compra, é necessário ir até o guichê da empresa de transportes para buscar o seu bilhete. Com o BPe, esse processo se torna muito mais prático: você recebe o DABPE assim que a operação é concluída pelo site ou aplicativo e basta imprimir ou levar o comprovante no seu smartphone para viajar (Este processo ainda está em fase de implantação dentro das empresas do Grupo Saritur, por hora, continua sendo necessário comparecer a bilheteria para realizar troca do voucher).

Ida e volta com mais praticidade

Com o Bilhete de Passagem Eletrônico, você pode comprar as passagens de ida e volta sem precisar trocar o seu voucher pela passagem no guichê da cidade de embarque. Você efetua a compra e já recebe todas as passagens de uma só vez, com muito menos burocracia na hora de voltar para casa.

Check-in simplificado

Assim como já acontecem nas companhias aéreas, você poderá realizar o check-in online, ou seja, todas as confirmações de dados pessoais serão realizadas no próprio site ou aplicativo antes de viajar. No embarque, você precisará apresentar apenas o seu documento de identificação e o DABPE, sem a necessidade de ir ao guichê.

Essa é uma vantagem que, em breve, será implementada nas suas viagens de ônibus. Enquanto ela não é implementada oficialmente, o bilheteiro será o responsável pelo seu check-in no momento do embarque — o que, ainda assim, dá muito mais agilidade ao processo.

Por que o BPe é importante?

Com a informatização, o processo de emissão do Bilhete de Passagem eletrônico traz muito mais segurança para os envolvidos nessa operação. Como as etapas são realizadas online e o envio das informações fiscais é feito diretamente para a SEFAZ, há um maior controle das operações de todas as empresas de transporte, reduzindo a possibilidade de ação de organizações irregulares.

Toda essa mudança traz para os passageiros a mesma praticidade que as companhias aéreas oferecem: desde a compra dos bilhetes até o embarque, todos os processos são realizados pela Internet. Você só deslocará para, de fato, ir até a rodoviária e fazer a sua tão sonhada viagem.

A automatização e a digitalização de processos também colaboram para:

  • reduzir os erros em documentos fiscais;

  • facilitar a entrega das informações dentro dos prazos estabelecidos pelo SEFAZ, evitando multas;

  • padronizar a emissão de passagens;

  • dificultar a possibilidade de falsificação, já que o QR Code é único.

Como fazer a compra de um Bilhete de Passagem Eletrônico?

As compras de passagens nos guichês de atendimento (que ficam localizados nos terminais e em outros postos de vendas) não foram alteradas: você pode ir até o local mais próximo para escolher a melhor empresa de transportes, os destinos, as datas e os horários para fazer a aquisição do seu bilhete.

Conforme explicamos, que o BPe proporciona a você é a possibilidade de realizar a compra totalmente online, sem precisar sair de casa ou do trabalho para isso. Assim como em qualquer processo de compra online, você deve:

  • decidir para onde deseja viajar;

  • inserir os seus dados pessoais no formulário da empresa de viagens;

  • escolher uma das formas de pagamento disponíveis;

  • aguardar a aprovação da compra.

Quando completar todo esse processo, você recebe diretamente na sua caixa de e-mails o BPe. Fique atento às instruções que receberá quanto a necessidade ou não de impressão para apresentar no momento do embarque e não se esqueça de conferir se todas as informações da viagem e os seus dados estão corretos.

O Bilhete de Passagem eletrônico (BPe) veio realmente para facilitar o dia a dia das empresas, do governo e, principalmente, de quem deseja viajar. Com a emissão muito mais rápida e prática dos bilhetes, você elimina uma preocupação e a sua viagem se torna ainda mais segura e tranquila.

Gostou dessa novidade e quer continuar se informando com dicas de turismo e viagens? Então, assine a nossa newsletter e receba os melhores conteúdos diretamente na sua caixa de e-mails!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *