O Santuário da Santíssima Trindade é uma das mais importantes construções religiosas da cidade de Tiradentes, em Minas Gerais. A igreja católica tem estilo Barroco-Rococó, com o interior repleto de belos quadros. O caminho para chegar à igreja reserva um agradável passeio para os turistas.

Neste artigo, veremos a história do Santuário Santíssima Trindade localizado em Tiradentes, Minas Gerais, seu estilo arquitetônico e a famosa festa que acontece em maio.

Quer saber mais? Então continue a leitura para conferir o seu próximo destino!

História

O início da construção original do Santuário da Santíssima Trindade data do fim do século XVIII, mais precisamente no ano de 1776. Um ermitão chamado Antônio Fraga foi o responsável pela fundação de uma pequena capela em homenagem à Santíssima Trindade. A obra foi concluída em torno de 1781.

Em 1810, sob a administração do tenente João Antônio de Campos, resolveu-se erguer uma capela maior, sendo um projeto elaborado por Manuel Victor de Jesus. A partir de 1853, passou a ser administrada pela Confraria da Santíssima Trindade. Por ser um local de fé e peregrinação, recebeu o título de Santuário Diocesano em 17 de junho de 1962.

Obras de arte

Entre as obras de arte presentes na igreja, está uma rara e bela imagem do Pai Eterno com Cristo crucificado, Nossa Senhora das Dores e São José. Os dois altares laterais são datados de meados do século XIX. Um deles é uma homenagem a São José, contendo uma imagem do santo; o outro é dedicado ao Menino Deus.

A bela imagem do Padre Eterno, sentado em um trono de nuvens, localiza-se no altar-mor. Oito telas que pertenceram à Matriz e datam de 1785 localizam-se nas paredes laterais da nave. Essas telas representam os quatro principais doutores da igreja. Uma imagem de São João da Mata, fundador da Ordem dos Trinitários, também pode ser vista.

Estilo arquitetônico

A fachada da capela é simétrica, dividida em três blocos, e ostenta uma porta de pedra-sabão inacabada. Também há duas janelas à altura do coro em verga curva, frontão triangular com elementos curvos e pináculos nos arremates, e dois “puxados” laterais, mais baixos, onde estão instalados os sinos.

A capela com frontões curvilíneos representa um modelo erudito e de inspiração barroca, composta por nave e capela-mor retangulares, ladeadas por sacristias e consistório. Semelhante às demais igrejas de Tiradentes, a construção dispõe de sineiras no corpo da capela.

O interior conta com duas sacristias, secretaria, sala de milagres (ex-votos), chafarizes, instalações dos romeiros, bebedouro e loja de artigos religiosos.

Jubileu da Santíssima

É importante ressaltar a esperada festa que acontece todo ano no mês de maio em Tiradentes: o Jubileu da Santíssima, uma das mais expressivas manifestações religiosas do interior de Minas Gerais, movimentando toda a região do Campos das Vertentes. A festividade dura cerca de 10 dias e tem extensa programação com missas, novenas e procissões.

Tiradentes é uma excelente opção para a sua próxima viagem: alem da famosa gastronomia, dos festivais e da sua importância histórica, é também um centro de peregrinação e fé.

Gostou deste texto sobre o Santuário Santíssima Trindade? Então, aproveite a visita em nosso blog e confira também as mais famosas igrejas de Minas Gerais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *