Viajar é uma ótima maneira de relaxar, descansar e fugir um pouco da rotina. Entretanto, planejar a viagem pode ser, para muitas pessoas, uma tarefa chata e, até mesmo, desnecessária — há quem diga que a graça de viajar é justamente não planejar. Para essas pessoas, viver um dia de cada vez é a melhor forma de aproveitar o tempo em uma cidade, estado ou país diferente.

Mas será que especialistas no assunto concordam que o planejamento é uma tarefa burocrática e sem importância? Para responder a essa pergunta, conversamos com a Fernanda Pandolfi, jornalista e idealizadora do projeto Ida e Volta. Em 2017, Fernanda viajou pelo mundo por 270 dias e nesse período visitou 43 países — ou seja, é uma verdadeira autoridade quando o assunto é viagem.

A jornalista acredita que é extremamente importante planejar viagens. É por meio de uma boa preparação que os imprevistos e surpresas que sempre acontecem se tornam menos frustrantes. Isso deve ser seguido para viagens longas e curtas e para destinos muito distantes ou próximos. A dica da Fernanda, principalmente para locais desconhecidos, é pedir auxílio de quem entende do assunto, como um especialista ou alguma agência de viagens.

Dicas essenciais para você planejar sua viagem

O método usado para planejar viagem varia e deve ser de acordo com o seu perfil. Não há uma regra. O importante é que ele ajude você a ter mais clareza do que é necessário para a sua viagem e, assim, você se prepare para o grande momento.

Entretanto, após a escolha do destino há alguns pontos que precisam ser levados em consideração na hora de planejar a viagem. Mas antes de entrarmos nesses aspectos que devem ser levados em consideração, vamos entender sobre a escolha do destino.

É preciso analisar o tempo disponível para viajar, época do ano e quais são as expectativas que você tem com a viagem. Confira, a seguir, o que fazer quando já tiver escolhido o destino!

Verifique as burocracias necessárias

Principalmente em viagens internacionais, é essencial verificar se o seu passaporte está dentro da validade e se é necessário solicitar visto para entrar no país de destino. Caso seja preciso, é importante conferir a documentação necessária e os prazos para tal solicitação.

Além disso, em muitos locais turísticos — internacionais e nacionais — é obrigatório ter algumas vacinas. Em alguns casos, também é obrigatória a regulamentação pela Anvisa. Quanto a isso, tenha atenção ao prazo para vacinar antes do início da viagem.

Sem documentação e vacinação adequada, você pode, até mesmo, ser impedido de embarcar e curtir os seus tão sonhados dias de folga. Por isso, é o primeiro ponto que deve ser analisado e levado em consideração na hora de planejar a viagem.

Faça um planejamento financeiro

Um dos pontos fundamentais da preparação de uma viagem é o planejamento financeiro. É preciso entender o quanto você tem disponível e verificar quais são os custos envolvidos para que possa aproveitar da melhor maneira. Para esse planejamento, devem ser levados em consideração valores com passagens, locomoção e alimentação, além dos passeios.

Para fazer um orçamento mais próximo da realidade possível, é interessante buscar pelo custo médio de vida da região. Assim, você terá uma noção melhor do quanto será necessário investir. Em viagens internacionais, é essencial verificar o valor do câmbio e como é a maneira mais vantajosa de fazer a troca de moeda. Uma excelente forma de fazer tudo isso de forma organizada, otimizada e prática é usando uma planilha de Excel ou um aplicativo.

Organize um roteiro de atrações

Muitas vezes, o destino é escolhido porque algumas atrações turísticas da região são interessantes. Mas, infelizmente, é muito difícil conseguir visitar todos os lugares e aproveitar todas as atrações. Por isso, liste aqueles em que você mais tem mais interesse. O segundo passo é definir quando cada programa será realizado, organizando um cronograma da viagem.

Nessa hora, é interessante verificar a localização de cada uma dessas atrações e qual é a melhor forma de chegar até elas. Isso ajuda você a economizar tempo e dinheiro. Em muitos casos, por exemplo, é possível comprar ingressos e passagens com antecedência.

Leve os medicamentos essenciais

Quando estamos em um lugar novo e diferente, as comidas e o clima podem ser muito distintos do que estamos acostumados. Por isso, levar consigo alguns medicamentos que você está habituado a usar pode ajudar muito e garantir com que você não perca alguns dias de viagem por estar se sentido mal ou com problemas de saúde.

Para viagens internacionais, é muito importante que você faça a contratação de seguro saúde. Segundo Fernanda, é algo que nunca queremos usar, mas é fundamental caso seja preciso algum auxílio médico. Então, não esqueça de incluí-lo no seu planejamento financeiro.

Tenha atenção com as malas

A hora de arrumar as malas é um momento que muitas pessoas gostam, pois é quando a viagem começa a se concretizar. Contudo, há também quem não goste dessa tarefa, por nunca saber quais roupas levar. O primeiro passo é verificar o clima da região e qual é a previsão do tempo para os dias em que você estará no local. Para viagens internacionais, também é interessante verificar algumas questões culturais que podem limitar o uso de determinadas vestimentas.

De modo resumido, o grande segredo para arrumar uma mala sem levar coisas desnecessariamente é analisar quais são os passeios que você fará e qual é o objetivo da sua viagem. Se você vai para a praia, biquínis e acessórios como toalha e chinelo não podem ficar de fora. Outra dica é optar por trajes de cores neutras e que possibilitam mais de uma combinação.

As vantagens e desvantagens de planejar viagem

Principalmente quando falamos do fator financeiro, planejar viagem pode fazer com que você viaje mais, de acordo com a Fernanda. Afinal você consegue acompanhar promoções de passagem e hospedagem e pode optar por épocas de baixa temporada, o que garante um preço melhor para curtir a viagem. Além disso, é possível garantir com mais facilidade que você terá o valor necessário para investir e fazer a viagem dos seus sonhos.

Entretanto, planejar tudo nos mínimos detalhes pode acabar sendo um problema, no caso de trazer ansiedade e estresse caso alguma coisa não saia exatamente como o planejado. Nessas situações, tente relaxar. Segundo Fernanda, muitas coisas podem e vão acontecer diferente do que imaginamos, afinal, você estará longe de casa. Por isso, ela indica a contratação de um especialista, principalmente para destinos com culturas muito diferentes da sua.

Agora que você já sabe como planejar uma viagem, que tal começar escolhendo o destino e comprando a sua passagem com a Saritur? É só entrar em nosso site e informar para onde e quando você deseja viajar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *